• João Paulo Campos Cardoso

SER PRÓSPERO NÃO É TER DINHEIRO!

Quando você escuta a palavra prosperidade, qual a primeira imagem que vem à sua mente?


Quando falamos em prosperidade, imediatamente pensamos na abundância em termos materiais ou físicos: ter dinheiro, ter relacionamentos, ter uma carreira promissora, ter amigos, ter isso e aquilo.






Mas essa crença reflete a tendência inconsciente de que o valor da vida está na posse de recursos nos aspectos físicos e materiais. Esquecemos, porém, que para todo esse “ter” de fato significar prosperidade, depende também da qualidade da nossa relação mental, emocional e espiritual com esses aspectos materiais e da maneira como vivenciamos a vida material.


Há um grande desafio para todos nós, que é equilibrar a influência que os bens materiais exercem sobre as nossas vidas e as nossas expectativas futuras. Arrisco dizer que a nossa felicidade está muito mais relacionada aos pequenos prazeres (que custam pouco e que experimentamos junto com as pessoas que amamos) do que com a riqueza material abundante.


Pedir prosperidade é pedir harmonia na vida, é pedir para ser feliz no trabalho e para ter paz e dinheiro para se sustentar. Pedir prosperidade é pedir para se divertir, para ter amigos, para amar e ser amado. É pedir por saúde para viver, ajudar os outros, educar e ser educado. É poder enxergar as coisas como realmente são, sem se deixar abater por pouco e sempre evoluir.



Lembre-se: A prosperidade material é consequência da qualidade da prosperidade nos outros níveis e, portanto, o sentimento de bem-estar e os pensamentos positivos não podem depender apenas dos resultados externos

8 visualizações

© 2018 PRUDEM COACHING FOR YOU
CNPJ - 23.866.000/0001-74

PRUDEMCOACHING@GMAIL.COM

Av.Itália, Cariru, n° 3238,

Ipatinga/MG - CEP 35160114

TEL: (31) 3668-5164