• João Paulo Campos Cardoso

Que tipo de líder você é?

“Sem liderança não há crescimento, não há expansão. Sem liderança você se limita à sua capacidade física. Resumindo, sem liderança não há sonho grande!”


Administrar uma empresa, sem dúvidas, é um trabalho complexo. São muitas áreas que precisam da sua boa gestão e manter o negócio estável e fluindo bem pode se tornar um desafio em algumas situações. Tomar decisões estratégicas e saber como lidar com as pessoas são apenas algumas das características essenciais para se ter uma boa liderança.


De acordo com uma pesquisa realizada pela Universidade de Harvard feita com mais de 3000 líderes, foi constatado que o estilo de liderança dos gestores impacta em até 30% do lucro total da organização. Levando essa e diversas outras pesquisas sobre o assunto em consideração, o gestor precisa entender como o tipo de gestão que ele propõe irá impactar o negócio.


A pessoa que se conhece consegue desenvolver suas características pessoais para estar constantemente aprimorando sua forma de lidar com as pessoas e sua estratégia para alcançar melhores resultados. Por isso, separamos os principais tipos de liderança para você conhecer e também criamos um teste para você se aperfeiçoar e traçar novas metas e adquirir novos resultados. Confira abaixo:



Liderança autocrática

Na liderança autocrática, o líder é quem dita as ordens. Ou seja, toda e qualquer decisão é tomada por ele sem a ajuda ou opinião de seus subordinados. 


Mesmo que os colaboradores tentem argumentar ou mudar o ponto de vista do líder, por exemplo, o que prevalece é sempre a sua decisão. Além disso, abre pouco ou nenhum espaço para sugestões.


É visto como uma figura temida pela sua equipe. Muitos chamam esse tipo de perfil como autoritário ao invés de autocrático. 


Para saber como identificar, fique atento às suas características, como:

  • perfil dominante;

  • dá ordens e espera que todos obedeçam sem argumentar;

  • certa agressividade na fala;

  • pressiona os funcionários a entregarem as atividades no prazo.

Dentro das organizações, o autocrático é o estilo que mais dá gastos para a empresa, uma vez que o turnover é muito maior.  


Liderança democrática

A liderança democrática preza por um ambiente agradável na empresa e zela pelo bem-estar de seus subordinados. 


O líder é visto como um alguém que impulsiona os colaboradores a quererem ser melhores e dar tudo de si. Além disso, para esse perfil, qualidade é melhor que quantidade. 


Sua relação com a equipe é muita boa. Gosta de ouvir as opiniões, integra os membros, aponta as qualidades de cada um e dá feedbacks de melhorias quando necessário. 


Em questão de rotatividade de funcionários, o líder democrático sofre pouco. Seu time gosta de trabalhar com ele e, consequentemente, não há um alto índice de turnover. 


Sua principais características são:

  • se preocupa igualmente com cada um dos seus funcionários;

  • motiva e incentiva a equipe;

  • dá espaço para sugestões e ideias;

  • preza por um ambiente amigável e não competitivo.


Liderança liberal


Já a liderança liberal é totalmente o oposto da autocrática. Nela, o colaborador tem toda e qualquer liberdade de tomar decisões e o líder, por sua vez, age como um auxiliador. 


Ele confia no trabalho de cada membro da sua equipe e ajuda quando é solicitado. Por exemplo, um colaborador está em dúvida se cobra ou não um cliente sobre a aprovação de materiais para seguir com seu projeto. O líder liberal irá ajudá-lo da melhor maneira a encontrar uma solução para o caso. 


Apesar da liberdade ser boa até certo ponto, por um lado, a competitividade entre os funcionários acaba sendo grande devido a falta de comunicação e o individualismo de cada um. 


Para identificar o perfil liberal, suas principais características são:


  • dá liberdade para a execução de tarefas;

  • gosta que todos tenham independência para a tomada de decisões;

  • só interfere quando é solicitado;

  • preza por um bom resultado independentemente da qualidade.


Liderança Situacional


Mostra uma relação entre liderança, motivação e poder, onde o líder avalia seus colaboradores e vai assim, alterando seu estilo de liderança. Com ela, a pessoa passa a adquirir maturidade, podendo assim assumir suas responsabilidades de dirigir seu próprio comportamento.

A Liderança Situacional é dividida em quatro estilos:

  • DIREÇÃO: o colaborador precisa aprender a tarefa que ele tem que executar, podendo contar com o líder até seu fim, até ele conquistar confiança.


  • ORIENTAÇÃO: o colaborador precisa conhecer a tarefa e criar um estímulo para a execução dela. O líder precisa apoiar as ideias dele e estar sempre ali caso o colaborador precise de ajuda.

  • APOIO: o líder precisa estimular seus colaboradores a buscar segurança e aprendizado, onde assim ele pode aumentar suas habilidades e conhecimento.

  • DELEGAÇÃO: os colaboradores possuem maior autonomia e liberdade, tendo eles mais conhecimento e segurança com suas tarefas. Nesse estilo o líder mantém um contato com pouca supervisão e pouco apoio.


Líderes eficazes usam uma variedade de estilos de acordo com o perfil de cada colaborador e não se prendem a um só. A maturidade do colaborador faz o líder agir de modos diferentes conforme a necessidade.

Podemos concluir que o líder sabe influenciar, motivar e conquistar sua equipe e tem seu liderado como um seguidor. Assim este se torna mais eficaz, inovador, criativo e responsável por suas tarefas gerando um resultado positivo na produtividade dos processos da equipe em geral.


Vantagens e desvantagens entre as lideranças


Agora que você conhece as diferenças entre a liderança autocrática, democrática e liberal consegue definir suas principais vantagens e desvantagens?


Vantagens


Depois das definições dos três perfis, podemos classificar como principais vantagens:

  • Autocrática: consegue sucesso em questões de prazos para a entrega de projetos e atividades, por exemplo;

  • Democrática: motiva a equipe a sempre dá o melhor de si seja na qualidade dos projetos ou em ideias;

  • Liberal: dá a chance para que todos os colaboradores possam assumir riscos e decidir por si só o que deve ser feito.


Desvantagens


Entre as desvantagens não podemos deixar de destacar:

  • Autocrática: clima organizacional pesado por um perfil extremamente autoritário, excessos de rotatividade e estresse entre os colaboradores;

  • Democrática: por prezar mais qualidade do que quantidade, a equipe pode deixar de entregar tarefas no prazo e acumular demandas;

  • Liberal: como cada um é o “seu próprio líder”, falta padrão nos processos e ideias. 


Agora que você já conhece as características de cada líder, que tal descobrir em que perfil você se encaixa? Faça o teste e descubra qual tipo de líder você!

Não esqueça de deixar seu like e compartilhar com os amigos.





32 visualizações

© 2018 PRUDEM COACHING FOR YOU
CNPJ - 23.866.000/0001-74

PRUDEMCOACHING@GMAIL.COM

Av.Itália, Cariru, n° 3238,

Ipatinga/MG - CEP 35160114

TEL: (31) 3668-5164